Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Polícia do Rio prende homem acusado de estuprar e engravidar menina de 13 anos

Delegado disse que a família decidiu que ela não fará aborto; vítima vem recebendo acompanhamento médico e psicológico

Mariana Durão, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2020 | 19h17

RIO - A Polícia Civil do Rio prendeu neste sábado, 26, um homem de 21 anos acusado de estuprar e engravidar uma menina de 13 anos. Ele foi capturado no bairro de Valença, no município do Rio das Flores, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça.

De acordo com agentes da  92.ª DP (Rio das Flores), no início do ano, durante uma festa, ele deu bebida alcoólica para a menina e manteve relações sexuais com ela em plena via pública.

A mãe da vítima se deparou com a filha desnuda e alcoolizada. Segundo relato policial, o jovem foi agressivo e violento com ela. A menina engravidou e vem recebendo acompanhamento médico e psicológico. Em depoimento ao jornal O Globo, o delegado da 92.ª DP, Rodolfo Atala, disse que a família decidiu que ela não fará um aborto.

No Brasil, o aborto é permitido por lei em casos de violência sexual, risco à vida e anencefalia do feto. No mês passado, o caso da menina de 10 anos que engravidou após ser estuprada pelo tio no Espírito Santo ganhou repercussão nacional. A menor teve seus dados vazados na internet, assim como o nome do hospital onde seria realizada a interrupção da gravidez.  Grupos contrários ao aborto foram até a porta da unidade protestar contra a medida para tentar impedir o procedimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.