Polícia do Rio prende jovem que matou Ana Johannpeter

A polícia do Rio de Janeiro prendeu no começo da tarde desta quinta-feira um menor de 17 anos que confessou ter assassinado Ana Cristina Gianini Johannpeter na noite de quarta-feira, no Leblon.M., como foi identificado o menor, disse ter ficado nervoso ao abordar Ana Cristina e, por isso, disparou seu revolver 38 contra ela. Ele já tinha passagem pela polícia por um roubo e um assalto a um turista.O revólver usado no crime foi encontrado em sua casa na Cruzada São Sebastião, comunidade carente que fica próximo ao local do crime. Outros dois suspeitos estão sendo procurados pela polícia do Rio de Janeiro.O assassinato de Ana Cristina ocorreu a menos de 200 metros do 14º Distrito Policial, do Leblon, da Divisão Anti-Seqüestro e da Delegacia de Proteção aos Turistas.Ana Cristina era ex-mulher de Germano Gerdau Johannpeter, vice-presidente do Grupo Gerdau e irmão de Jorge Gerdau Johannpeter, apontado como possível ministro no próximo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Recentemente, Jorge anunciou que deixará a presidência da companhia em janeiro. Seu lugar será assumido pelo filho André.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.