Polícia do RJ faz operação; 2 são atingidos por balas perdidas

A Polícia Civil, com apoio do Batalhão de Operações Especiais - tropa de elite da Polícia Militar -, realizava na manhã desta terça-feira, 6, uma operação no Complexo do Alemão, na zona norte da cidade, em busca de armas, drogas e do chefe local do tráfico, Antônio José de Souza Ferreira, o Tota. Até às 11 horas, duas pessoas tinham sido atingidas por balas perdidas, um motoqueiro e uma professora. Às 9h10, uma intensa troca de tiros foi iniciada, quando o policial identificado como José Carlos Pereira Mondaine, da Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae), foi morto na Favela da Grota e outro policial civil baleado na Rua Canitá, na Favela Nova Brasília. Identificada como Matilde Ferreira, de 40 anos, a professora da creche Peninha Verde, próxima ao complexo, foi ferida e levada ao Hospital Getúlio Vargas.Muito nervosa, Matilde telefonou para o marido e avisou que havia sido baleada. As aulas na instituição foram suspensas. O confronto continuava entre policiais e traficantes no complexo de favelas; um helicóptero sobrevoa a região. Um motociclista que trafegava pela Avenida Itararé, nas proximidades da entrada da Favela da Grota, foi baleado às 9h25 e socorrido pela polícia. As aulas nas escolas no entorno do complexo foram suspensas, assim como as atividades na Vila Olímpica. Na Favela da Grota, no complexo, policiais civis encontraram um paiol de armas onde foram apreendidos quatro fuzis, duas metralhadoras, muita munição, drogas e objetos pessoais dos traficantes. O material foi achado numa localidade conhecida como Largo da Bulufa, por volta de 11h30.A Chefia de Polícia Civil do Rio informou que a operação não tem prazo para terminar. Até às 13 horas, ainda havia tiroteio no complexo e os moradores eram autorizados a entrar nas favelas do complexo apenas em grupos. Muitos homens eram revistados na saída dos acessos às comunidades. Texto ampliado às 14 horas para acréscimo de informações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.