Polícia do Tocantins faz primeira apreensão de oxi

Em Gurupi, uma mulher de 50 anos foi presa com aproximadamente 1,2 kg da droga

Marcela Gonsalves, Estadão.com.br

23 de maio de 2011 | 17h30

SÃO PAULO - Policiais do Tocantins realizaram na sexta-feira, 20, a primeira apreensão de Oxi no estado. Uma mulher de 50 anos foi flagrada em Gurupi, sul do Tocantins, com aproximadamente 1,2 kg da droga.

 

A Polícia Civil recebeu a informação de que a suspeita estaria comercializando droga em sua residência e a investigou por aproximadamente duas semanas. Além da droga foram encontrados R$ 2.960,00 em dinheiro, duas balanças, uma garrafa de querosene, um vasilhame sujo de pasta base de cocaína, vestígios de cal virgem e colorim.

 

A mulher afirmou que recebia a pasta base de cocaína e fazia a mistura com querosene, cal virgem e colorim, e depois repassava a outros traficantes, responsáveis por fazer a venda aos usuários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.