Polícia e camelôs entram em confronto no centro de SP

Vendedores ambulantes e policiais militares entraram em confronto na Rua 25 de Março, região central de São Paulo. Por volta das 10h os policiais novamente fizeram uso de bombas de gás lacrimogêneo contra os marreteiros, que, por sua vez, obrigaram os comerciantes da área a baixar as portas de suas lojas. Com as bombas, alguns vendedores ambulantes ficaram feridos. Na operação para impedir o comércio ilegal, a PM conta com 250 homens e a guarda civil metropolitana com outros 180 agentes. Neste momento, os policiais militares fazem um cordão de isolamento do local. O protesto dos camelôs da 25 de Março ganhou o apoio, na última hora, de ambulantes de outras regiões de São Paulo, como Brás, Parque Dom Pedro II, centro novo e centro velho. O número de manifestantes praticamente dobrou. As informações são da GloboNews.

Agencia Estado,

30 de julho de 2003 | 10h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.