''''Polícia é cúmplice em abusos''''

A mais alta autoridade de Direitos Humanos da ONU, Louise Arbour, vai levar os casos de estupros nos presídios brasileiros como alerta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que o sistema penitenciário precisa ser reformado. O escritório de Louise disse que as penitenciárias estão sofrendo de uma "praga" e acusou a polícia de "cumplicidade". Louise começa a primeira viagem ao Brasil na segunda-feira, a convite do governo. Ela, no entanto, não deixará de cobrar e pressionar as autoridades do País. A alta comissária pedirá mais recursos dos Estados para as prisões e para a polícia, cobrará luta contra a corrupção, solicitará o fim dos abusos pela polícia e também vai apelar para que as condições de trabalho dos produtores de cana sejam garantidas na expansão do etanol no País. Dos governos de São Paulo e do Rio será cobrado maior investimento no treinamento de policiais. Louise fica no Brasil até quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.