Polícia encontra carros roubados perto de cativeiro

A desconfiança de policiais militares em relação a dois homens que observavam insistentemente a movimentação de carros de polícia na rua Kansas e imediações, onde era o cativeiro do publicitário Washington Olivetto, fez com que fosse estourada uma "oficina" de adulteração de carros roubados.Na Rua Texas, 543, no Brooklyn , zona sul de São Paulo, paralela à rua Kansas, onde ficava o cativeiro do publicitário Washington Olivetto, dois homens ainda não identificados pela polícia, que adulteravam o chassi dos carros, foram presos e quatro veículos roubados apreendidos.No local, um sobrado com muros de três metros de altura, havia um galpão onde eram adulterados os veículos. Além dos carros, foram apreendidas dezenas de documentos em branco, placas de várias partes do País, miolos de chaves de tanque de combustível, toca-fitas e Cds.Os carros são um Gol branco sem placas, um Santana de placas CKI-1940, de São Paulo, uma Saveiro de placas KCI-8661, de Corumbapaba-GO e um Monza verde, também sem placas. Segundo o tenente da PM Gilson Souza, que foi o primeiro a entrar na casa, os homens não ofereceram resistência."Pedimos para entrar porque havia chaves no cativeiro do publicitário e pensamos que podia ser dessa casa. Eles relutaram um pouco no início, mas acabaram cedendo. Quando entramos no galpão, vimos os carros roubados e demos voz de prisão", contou. Nenhum dos vizinhos reparou nada de estranho na casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.