Polícia encontra dois túneis na Penitenciária de Irapuru

Terminou no final da noite deste sábado uma revista minuciosa feita por policiais militares do Batalhão de Choque no interior da Penitenciária de Irapuru, cidade localizada a 630 quilômetros da capital paulista, região de Presidente Prudente, no extremo oeste do Estado. Entre as 15h30 e 18h de ontem, parte dos 893 presos que ocupam uma carceragem feita para 796 pessoas, promoveram uma rebelião após uma tentativa de fuga. Cerca de 100 parentes dos detentos ainda não haviam saído do complexo prisional, pois era dia de visita, quando alguns presos tentaram dominar os agentes penitenciários. Como não conseguiram, resolveram se rebelar e impedir que as visitas fossem embora. Policiais militares da 02ª Companhia do 25º Batalhão cercaram a penitenciária, localizada no quilômetro 3,5 da Estrada Municipal de Iru, no bairro do Paturi, e acionaram a Tropa de Choque. A direção da unidade conseguiu acalmar os ânimos dos presos, que resolveram encerrar a rebelião e liberar os parentes. Durante a revista, os policiais do Choque encontraram dois túneis, ambos iniciados de dentro das celas e em fase de construção, mas em raios diferentes. Nenhuma arma foi apreendida com os presos. Todas as grades das celas foram inspecionadas para se ter a certeza de que nenhuma havia sido serrada pelos presos. Segundo a PM, não houve registro de presos ou agentes feridos.

Agencia Estado,

29 Abril 2007 | 05h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.