Polícia encontra maconha em terreno do Dnocs

Destinados a colonos para o desenvolvimento de agricultura de subsistência, dois terrenos pertencentes ao Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) do município de Canudos, no sertão baiano, estavam sendo utilizados por traficantes para plantar maconha. Uma operação conjunta das polícias civil e militar do município de Euclides da Cunha localizou as roças ontem. Havia 60 mil pés de maconha, prontos para a colheita.Testemunhas contaram que alguns colonos arrendaram suas áreas de plantio para traficantes de Pernambuco, sem saber o que eles iriam cultivar no local. A polícia prendeu apenas José Hamilton Martins, contratado para tomar conta de uma das roças pelos traficantes. Além de destruir os pés de maconha, os policiais apreenderam também duas toneladas e meia da droga, já prensada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.