Polícia encontra mãe que abandonou bebê em Jacareí

A polícia civil localizou na tarde desta quinta-feira, 22, a mãe que abandonou seu filho recém-nascido na última quarta-feira, em Jacareí, no Vale do Paraíba. Pámela Martins Pereira, de 20 anos, foi indiciada por abandono de incapaz e pode pegar até três anos de prisão. Arrependida, ela contou à polícia que foi induzida pelo padrasto Marcos Paulo Gomes a abandonar a criança e depois simular que havia achado o bebê em um saco plástico. A criança foi encontrada dentro de uma sacola plástica de supermercado, jogada em um matagal, no Jardim Paraíso, na periferia da cidade. Marcos Paulo Gomes, padrasto de Pámela, informou à polícia que saiu de casa para comprar pão por volta do meio-dia, quando ouviu um choro da criança. Na verdade, a criança era da própria enteada e os dois haviam planejados juntos o abandono. Simulando o encontro, Gomes levou o bebê pra casa o enrolou em uma toalha e ligou para a Polícia Militar. Os policiais encaminharam o bebê, que havia nascido há cerca de duas horas, à Santa Casa de Jacareí. O menino, de 2,2 quilos e 43 centímetros, passou por uma série de exames clínicos e ficou internado no hospital até a manhã desta quarta. Lá mesmo recebeu o nome de Vitor Hugo e em seguida foi encaminhado para uma instituição de assistência ao menor abandonado. A Polícia Civil percorreu os postos públicos de saúde para saber quem eram as gestantes que tinham passado por exames e que estariam prestes a parir. "Depois começamos a desconfiar e a mulher acabou se confessando", contou o delegado Talis Prado Pinto. Gomes pode responder pelo mesmo crime de abandono de incapaz.

Agencia Estado,

22 Fevereiro 2007 | 20h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.