Polícia estoura cativeiro e liberta empresário em Bertioga

A Polícia Civil de Bertioga (Litoral de São Paulo) estourou um cativeiro, deteve um bandido e libertou um empresário seqüestrado há mais de dois meses em São Paulo. A libertação foi nesta quinta-feira, depois de denúncia anônima recebida pela equipe de investigadores do Distrito Policial da cidade.A vítima, um rapaz de 20 anos seqüestrado há 64 dias na região do Jaçanã, zona Norte da capital, é filho do dono de um supermercado na região de Guaianazes, Zona Leste de São Paulo.Depois de passar por dois cativeiros, provavelmente na capital, ele foi transferido, há cinco dias, para uma casa no bairro Vista Linda, em Bertioga.Os bandidos mantiveram contato com a família do rapaz e teriam solicitado, segundo a Polícia, cerca de R$ 500 mil de resgate, valor que não chegou a ser pago. Nesta quinta-feira, no endereço dado pelo denunciante, os investigadores encontraram a vítima, que estava acorrentada por uma perna a uma argola presa na parede. Geraldo Augusto Ribeiro, que fazia a guarda do cativeiro, foi preso em flagrante. Não havia armas com o seqüestrador. A Polícia procura agora pelo restante da quadrilha.Apesar de bastante traumatizado, o empresário foi bem alimentado e disse que não sofreu agressões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.