Polícia estoura cativeiro e liberta empresário em SP

Um empresário que havia sido seqüestrado no quilômetro 16 da Rodovia Raposo Tavares, na região do Butantã, zona oeste da capital paulista, no dia 17 de janeiro, foi libertado na noite de quinta-feira, 1º, no bairro Heliópolis, zona sul de São Paulo, por policiais da Delegacia Anti-Seqüestro (DAS). Quatro pessoas foram presas. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), no dia do seqüestro, a quadrilha simulou uma operação da Polícia Federal (PF), usando camisas idênticas as dos agentes da PF para abordar o empresário e sua mulher, que acabou liberada horas depois. Durante as investigações, os policiais conseguiram prender Jorge Luís dos Santos, que já era procurado pela Justiça, e Fábio Luís da Silva. Com a prisão da dupla, os agentes conseguiram as informações para o estouro do cativeiro, onde foram detidos João Paulo Batista Silva e um adolescente de 15 anos. Ainda segundo a SSP, no local, a polícia também apreendeu dois revólveres, dois capuzes, dois radiocomunicadores e cinco aparelhos celulares

Agencia Estado,

02 Fevereiro 2007 | 18h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.