Polícia estoura desmanche de carros em SP

Cinco homens foram preso no final da noite de ontem sob a acusação de receptação dolosa de veículos roubados e formação de quadrilha. A prisão foi feita no interior de um galpão no Jardim Aricanduva, zona leste de São Paulo, onde funcionava um desmanche de carros. Segundo o tenente Marcos Augusto de Oliveira, foram encontrados dentro do galpão quatro carros roubados, já com o chassi adulterado e vidros quebrados.Os policiais chegaram ao desmanche após receberem informações de que em frente ao galpão havia um Tempra ocupado por várias pessoas e que poderia tratar-se de um seqüestro relâmpago ou bandidos que preparavam-se para entrar com uma suposta vítima de sequestro no cativeiro. Os cinco homens, ainda não identificados, tentaram fugir, mas a polícia havia cercado o local. "Eles nos disseram que foram contratados em uma mesma cidade do Estado de Pernambuco para trabalhar aqui na capital em desmanches. Cada carro desmanchado rende 40 reais. Eles chegam a desmanchar 50 carros em uma semana", disse o policial.O chefe da quadrilha também não foi identificado. Nenhuma arma foi apreendida no galpão. Os presos serão indiciados por receptação dolosa e formação de quadrilha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.