Polícia estoura desmanche e mata 3 em SP

Após uma denúncia anônima, a polícia estourou um desmanche de carros no bairro de Jaçanã, zona norte de São Paulo, e durante a ação mataram três homens que cuidavam do local. Os policiais chegaram ao galpão por volta das 21 horas de ontem, mas foram avistados pelos bandidos, que fugiram pelos fundos do terreno. Dois deles, Adílson Motta de Souza, 34, e Edivaldo José Gomes, 31, estavam armados e tentaram escapar pelos telhados de casas vizinhas. A polícia fez o cerco e, na troca de tiros, os dois morreram baleados. Vinte minutos após o ocorrido, os policiais receberam uma chamada de um morador do mesmo bairro que teve o quintal invadido por outro bandido. Ao chegar no endereço da vítima, a polícia foi recebida a tiros por Erinaldo Mrcena da Silva, 24, que portava uma pistola 380. No tiroteio, o bandido acabou baleado e também morreu.Segundo o delegado José de Gouvêa, do 73.º Distrito Policial, do Jaçanã, dentro do galpão invadido, havia dezenas carrocerias de automóveis nacionais e importados, muitas delas de picapes Blazer, chassis adulterados, centenas de peças de motor, placas frias e cabines de caminhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.