AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Polícia estoura laboratório de merla em Brasília

A Polícia Civil de Brasília desbaratou, nesta terça-feira, uma das maiores quadrilhas de narcotraficantes do Distrito Federal e de toda a Região Centro-Oeste. Numa operação que envolveu mais de 100 policiais, foram presas 17 pessoas, todas acusadas de pertencer ao grupo. Outras três pessoas ligadas aos traficantes também foram presas.Um dos membros da quadrilha ainda está foragido. Segundo o delegado Reginaldo Borges, da 12ª Delegacia Policial de Taguatinga, cidade-satélite de Brasília, o grupo vinha sendo investigado há vários meses.MerlaNesta terça pela manhã, policiais de várias delegacias e do Departamento de Atividades Especiais (Depat) da Polícia Civil estouraram um laboratório de produção de merla, produto derivado da pasta de cocaína, na cidade de Santo Antônio do Descoberto.O laboratório tinha capacidade para produzir 40 quilos da droga por semana. No local, foram apreendidos 50 quilos de merla, nove armas de fogo, vários automóveis e R$ 30 mil em dinheiro. A distribuição da droga era feita em Brasília, em cidades do entorno do Duistrito Federal, Goiânia e Anápolis.Borges disse que, nas investigações, a polícia já havia identificado todo o organograma da quadrilha. Agora, serão investigadas possíveis conexões do grupo com quadrilhas de outras regiões do País e até mesmo do exterior.

Agencia Estado,

21 de maio de 2002 | 21h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.