Polícia estoura "mini-Detran" e prende três em SP

Policiais do 1º Distrito de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, prenderam três bandidos e estouraram uma espécie de "mini-Detran" que falsificava documentos no bairro de Pedreira, região de Santo Amaro, na zona Sul da capital paulista.Na última sexta-feira (10), no bairro de Jordanópolis, em São Bernardo, os invetigadores detiveram Maximiliano de Souza e Cícero Raimundo. No final da tarde desta terça-feira, outro integrante da quadrilha, Miguel Rorvati Filho, foi preso em sua casa, no Jardim Pedreira, onde estava instalada a central de falsificação.Mais de 100 documentos foram apreendidos na casa de Rorvati, entre estes Carteiras Nacionais de Habilitação e CRVs (documentos de transferência veicular), muitos deles roubados ou furtados de Ciretrans (Circunscrições Regionais de Trânsito). Havia também na casa um computador, uma impressoa à laser colorida, um scanner e dezenas de espelhos de documentos em branco prontos para serem preenchidos."Eles transferiam os dados de documentos originais furtados ou roubados para esses espelhos em branco, esquentando os documentos e vendendo-os para interessados, afirmou o o delegado titular do 1º Distrito Policial de São Bernardo, Pietro Antonio Minichillo de Araújo. "Acredito que a quadrilha seja bem maior, pois existem aqueles que iam à caça de clientes". Segundo o delegado, os três detidos já possuiam passagens por furto, receptação, estelionato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.