Polícia esvazia shopping por suspeita de bomba em Porto Alegre (RS)

Quadrilha assaltou joalheria do centro de compras e deixou artefato suspeito no local

Elder Ogliari, de O Estado de S. Paulo,

17 de janeiro de 2013 | 14h34

PORTO ALEGRE – A Brigada Militar cercou o shopping center Praia de Belas e esvaziou o prédio para verificar se um artefato deixado por assaltantes dentro de uma joalheria é um explosivo no final da manhã desta quinta-feira, 17, em Porto Alegre.

Por volta das 13 horas os policiais ainda estavam no local e o estabelecimento continuava fechado. Informações preliminares, ainda não confirmadas pela polícia, indicam que uma quadrilha rendeu uma funcionária da uma joalheria quando ela ainda estava em casa e a levou para dentro da loja. Depois do roubo, os assaltantes fugiram em dois carros, levando dois reféns, que foram libertados em Canoas, na região metropolitana da capital gaúcha.

Tudo o que sabemos sobre:
Porto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.