Polícia faz 1° apreensão de oxi na Bahia

Droga, que é subproduto da cocaína, foi apreendida Itapetinga, no sul do Bahia

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

11 de maio de 2011 | 17h08

SÃO PAULO - A polícia baiana realizou na terça-feira a primeira apreensão de oxi no Estado. A droga é um subproduto da cocaína acrescido de querosene e cal virgem. Ela é mais barata e mais tóxica do que a cocaína.

O produto foi encontrado em Itapetinga, no sul da Bahia, com um traficante conhecido como "Negão". Havia 86 pedras pequenas da droga e uma pedra grande em um saco plástico. Segundo o titular da Delegacia de Itapetinga, delegado Roberto Júnior, os policiais chegaram ao rapaz durante uma investigação de furto de um computador, subtraído por ele de uma residência em Macarani, que fica a 573 quilômetros de Salvador.

Tudo o que sabemos sobre:
drogaoxitráficoBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.