Polícia faz batida em sítio usado para tráfico em São Carlos

A polícia trocou tiros com um homem suspeito de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas em um sítio na cidade de São Carlos, interior de São Paulo. Na troca de tiros, Jairo Vizeu de Palma, de 46 anos, morreu. O investigador Jeferson Dias levou um tiro no braço e foi transferido para São Paulo para ser internado. Jairo Vizeu de Palma, que recebeu a polícia a tiros, estava sozinho no sítio onde foram apreendidas quatro armas, três motos, um carro e objetos usados para embalar cocaína. Ele é suspeito de integrar a quadrilha da modelo Lucinéia Capra, de 23 anos, e seu noivo, Guilherme de Alencar, que estão foragidos. Os policiais chegaram ao sítio depois de encontrarem um aparelho de GPS (Global Positioning System) num laboratório de refino de cocaína em Rio Claro, no dia 7 de agosto. No aparelho, havia quatro coordenadas. Três delas já foram investigadas e renderam prisões de traficantes. A quarta não foi divulgada para não atrapalhar as investigações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.