Polícia faz maior apreensão de ecstasy

Policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes fizeram a maior apreensão de drogas sintéticas deste ano anteontem, em Campinas. Com o tatuador Djalma Tojal, de 22 anos, e com o estudante de Educação Física Carlos Henrique Oliveira, de 24, foram recolhidos 400 comprimidos e ecstasy e 135 micropontos de LSD que seriam vendidos em festas universitárias. Eles foram presos por tráfico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.