Polícia faz megaoperação em favelas do Rio

A Polícia Militar realiza uma megaoperação em várias favelas do Rio a procura de armas, drogas e traficantes. Pelos menos 2 mil homens participam da ação. Na Rocinha, onde estão mais de 300 policiais, dois homens morreram após intenso tiroteio.Rosiflan Coelho Lopes, de 30 anos, soldado do Batalhão de Operações Especiais, foi baleado nas costas e morreu no hospital Miguel Couto. Um traficante não identificado também morreu na troca de tiros. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38, munição, uma granada das Forças Armadas, quatro tabletes de maconha e dois rojões.Outros 1.700 policiais estão nas favelas do Vidigal, Antares, Aço e Urucrânia, Parque Alegria, Mandela e Manguinhos.

Agencia Estado,

17 de dezembro de 2004 | 09h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.