Polícia faz megaoperação no Rio de Janeiro

A polícia civil do Rio de Janeiro começou hoje de manhã uma megaoperação em quatro morros da cidade. Cerca de 400 policiais civis de delegacias especializadas e distritais participam da operação. A coordenação externa é do delegado Rodolfo Waldeck. Os policiais já ocuparam as favelas da Pedreira, na Pavuna, subúrbio do Rio, que já está ocupada pela PM desde o início da semana; Jorge Turco, em Rocha Miranda; Muquiço, em Deodoro; e Lagartixa, em Costa Barros. O objetivo da operação é prender os traficantes Paulo César dos Santos, o Linho, e seu principal cúmplice, Arlei Azevedo de Araújo. Arlei é acusado de comandar ações de traficantes usando vários carros roubados e matar policiais.Segundo a Globo News, os policiais civis se concentraram na Academia de Polícia por volta das 3h30. O comando da operação exibiu, no auditório da academia, slides e vídeos com a imagem dos principais bandidos que estão atuando na cidade. Depois da exibição, os policiais deixaram celulares e rádios transmissores acautelados na academia para evitar possível vazamento de informações. Apenas os delegados e chefes das equipes saíram às ruas com equipamentos de comunicação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.