Polícia faz reconstituição da morte de homem que estava com furadeira no Rio

Soldado do Bope confundiu equipamento com metralhadora e matou funcionário de supermercado no Morro do Andaraí

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

24 de junho de 2010 | 10h25

SÃO PAULO - Os policiais da 20ª DP (Vila Isabel), no Rio, começam por volta das 9 horas desta quinta-feira, 24, a reconstituição da morte de um homem que teve a furadeira confundida com uma metralhadora, no mês passado.

 

No dia 19 de maio, durante uma incursão do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no Morro do Andaraí, o cabo Leonardo Albarello confundiu uma furadeira com uma submetralhadora e matou o supervisor de supermercado Hélio Barreira Ribeiro, de 46 anos.

 

Segundo a assessoria da Polícia Civil, novas informações serão repassadas após o término da reconstituição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.