Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Polícia fecha prostíbulo ligado ao tráfico internacional

Policiais Federais fecharam na madrugada de hoje uma casa de prostituição suspeita de estar ligada ao tráfico internacional de mulheres. Os agentes receberam a informação de que mulheres arregimentadas no Norte, Nordeste e interior de Minas Gerais estariam chegando à Termas 75, no Centro, onde ficariam hospedadas até o embarque para o exterior. Os policiais encontraram 20 mulheres ? cinco delas atendiam clientes ?, mas todas negaram a participação no esquema.O dono e o gerente do estabelecimento foram detidos em flagrante por explorarem a prostituição. Eles estão presos no presídio Ary Franco, em Água Santa. A Assessoria de Imprensa da Polícia Federal não divulgou os nomes deles porque o processo corre em segredo de justiça. A Termas 75 foi denunciada por prostitutas enviadas para o exterior, que conseguiram voltar ao Brasil, como sendo um ?ponto de passagem? usado pelos traficantes de mulheres. Outras casas estão sendo investigadas.

Agencia Estado,

10 de julho de 2004 | 12h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.