Polícia fecha rinha de galo e detém mais de 40 no Paraná

Foram apreendidas 10 aves, sete delas de briga; também foram localizadas munições, pólvora e anabolizantes e seringas para aumentar a resistência dos animais

Solange Spigliatti, Central de Notícias

02 de maio de 2011 | 11h57

SÃO PAULO - A Polícia Militar (PM) fechou neste fim de semana um local utilizado para rinha de galos em Campo do Meio, região de Balsa Nova, na Região Metropolitana de Curitiba. Mais de 40 pessoas foram encaminhadas para a delegacia e assinaram Termo Circunstanciado por crime ambiental.

 

Segundo a PM, foram apreendidas 10 aves, sendo sete galos de briga. Também foram localizadas munições, pólvora, além de anabolizantes e seringas para aumentar a resistência das aves.

 

De acordo com a PM, cada uma das 44 pessoas recebeu auto de infração no valor de R$ 3 mil e todos têm 20 dias para apresentarem defesa ao órgão competente. As aves apreendidas passarão por avaliação médica que medirá suas condições físicas.

Tudo o que sabemos sobre:
rinha de galoparanácuritibaaves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.