Polícia Federal apreende 467 quilos de maconha no Paraná

A Polícia Federal apreendeu na madrugada de quinta-feira 467 quilos de maconha em Maringá, no Paraná. Renato Valeriano, de 54 anos, foi indiciado e pode ser condenado à pena de três a 15 anos de prisão. Foi a maior apreensão da droga este ano na região de Maringá, totalizando mais de 1,6 mil quilos. A polícia informou que vinha investigando Renato Valeriano e seu filho, Ricardo, há algum tempo. Ontem à noite, Ricardo deixou a residência no bairro Jardim Universo conduzindo uma caminhonete Silverado, com placas de Rio Verde (GO). À sua frente ia o pai, com um Fiat Prêmio. Quando eles perceberam que estavam sendo seguidos tentaram fugir. Ricardo foi perseguido até a cidade vizinha de Sarandi, onde a caminhonete foi abandonada. O rapaz conseguiu fugir. Na carroceria do veículo havia grande quantidade de fardos envoltos em plástico preto com a maconha. Renato retornou para sua casa, onde trocou de carro pegando um Golf, com placas de São Paulo (SP). Ao sair, foi preso em flagrante pelos policiais federais e indiciado por tráfico de entorpecentes. As investigações indicam que a droga veio do Paraguai e se destinava à cidade de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.