Polícia federal apreende 76 kg de cocaína em Cumbica

Por volta das 17h30 desta quarta-feira, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, a Força-Tarefa, grupo formado por policiais federais e fiscais da Receita, apreendeu 76 quilos de cocaína que já haviam sido embarcados em um vôo da Air Cannadian, com destino ao Canadá. A droga estava envolta em um plástico, em forma de tijolos, e escondida no interior de duas bombas azuis usadas em piscinas. Segundo a Polícia Federal, essa quantidade de cocaína, depois de refinada, pode ser transformada em 250 quilos de droga prontos para o uso. O que mais surpreendeu os policiais, que conseguiram apreender a cocaína após uma denúncia anônima, é que a droga estava sendo transportada em nome de uma empresa fantasma, a Akkar Canadá, criada pelos traficantes para despachar as bombas sem precisar de alguém para transportar. Segundo o delegado da Polícia Federal, Wágner Castilho Neto, a rota que seria utilizada pelos bandidos, Brasil - Canadá - Estados Unidos, também foi uma surpresa para os agentes federais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.