Polícia Federal deflagra operação Guararapes em AL e PE

Organização criminosa em Maceió e Pernambuco é suspeita de fraudar a Previdência em R$ 3 milhões

19 Agosto 2009 | 10h53

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira, 19, nos Estados de Alagoas e Pernambuco, a operação Guararapes, para combater uma organização criminosa suspeita de fraudar a Previdência.

 

Uma força-tarefa composta por 84 agentes da PF, 14 servidores da Previdência Social e procuradores da República de Pernambucano participaram de diligências em Maceió e na região metropolitana do Recife.

 

A Polícia Federal ainda não divulgou os detalhes da operação, mas as primeiras informações dão conta que a força-tarefa cumpre 12 mandados de busca e apreensão, oito de prisão preventiva e três de intimação. A quadrilha é suspeita de provocar pelo menos R$ 3 milhões de prejuízo à Previdência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.