Polícia Federal lacra quatro casas de bingo em Porto Alegre

Quatro casas de bingo que funcionavam irregularmente em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, foram fechadas pela Polícia Federal (PF), na tarde desta quinta-feira, 9. De acordo com a PF, esta foi a terceira edição da Operação Víspora, deflagrada com o objetivo de coibir a exploração ilegal de jogos de azar. Em cumprimento à determinação da 6ª Vara Cível da Justiça Federal de Porto Alegre, 20 policiais federais prestaram apoio a uma equipe de dez oficiais de justiça para lacrar as casas de bingo que continuavam em funcionamento, apesar de já terem sido notificadas a interromper as atividades. A juíza federal substituta que expediu os mandados, Ana Inês Algorta Latorre, determinou ainda o pagamento de multa diária de R$ 20 mil em caso de reabertura dos estabelecimentos.Ainda segundo a PF, as quatro casas lacradas nesta tarde se somam às seis fechados na Operação Víspora II, sendo três em Novo Hamburgo e três em São Leopoldo, em agosto deste ano, e às nove fechadas em Porto Alegre em maio, na primeira fase da ação. As três edições da Operação Víspora já lacraram 19 estabelecimentos no Estado e foram realizadas em cumprimento a mandados expedidos pela Justiça Federal, atendendo a solicitações da Advocacia-Geral da União (AGU) por meio de Ação Civil Pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.