Polícia Federal no Rio começa a pagar por armas entregues

A Superintendência da Polícia Federal no Rio começou ontem a pagar recompensas a pessoas que entregaram armas. Foram depositados R$ 49.400 nas contas bancárias de 288 proprietários de 434 armas. Desde que o pagamento começou a vigorar, no dia 16 de julho, foram recolhidas 2.791 unidades.O Sistema Nacional de Armas (Sinarm) montou um esquema especial, a vigorar a partir de hoje, para recolher armas nas casas de idosos, que não têm condições físicas de ir até a superintendência. Já foram agendadas 30 visitas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.