Polícia Federal prende pedófilos em flagrante no Ceará

A Polícia Federal no Ceará prendeu nesta sexta-feira, 13, dois homens acusados de praticarem crimes de pedofilia por meio da internet, cuja pena prevista é de dois a seis anos de prisão. Os acusados J.A.C, de 28 anos, e G.A.C, de 26, naturais de Senador Sá, no Ceará, são irmãos e foram presos em flagrante na casa em que residem no bairro Genibaú, em Fortaleza, onde foi aprendido vasto material comprobatório de crimes de pedofilia. Entre as evidências estavam fotografias, fitas VHS e CDs contendo o registro de menores de idade em poses eróticas e em ato sexual com adultos. As investigações tiveram início há cerca de seis meses nos Estados de Goiás, em conjunto com a Superintendência da Polícia Federal no Ceará. Os irmãos confeccionavam as fotos e vídeos dos menores e os distribuíam para outros pedófilos, por meio de endereços eletrônicos especializados na divulgação de material de pedofilia. Também tentavam aliciar menores através de contatos mantidos por salas de bate-papo e comunidades de relacionamento da internet.

Agencia Estado,

13 Abril 2007 | 18h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.