Polícia Federal prende quadrilha que falsificava documentos

A chinesa naturalizada brasileira Zhong Xiau Lei, de 43 anos, foi presa hoje pela Delegacia de Imigração, acusada de comandar uma quadrilha internacional de falsificadores de passaportes e documentos, que eram utilizados no tráfico internacional de pessoas.De acordo com a Polícia Federal, Zhong, conhecida como Helena, controlava um esquema que providenciava passaportesjaponeses, de Hong Kong e bolivianos, vistos consulares e carteiras de habilitação para chineses que vinham para o Brasil, de forma ilegal, e seguiam para a Europa, Estados Unidos e México.A Polícia Federal, de acordo com a Agência Brasil, por meio de um mandado de busca e apreensão, encontrou no apartamento de Zhong, na zona oeste da capital, documentos de habilitação em branco, passaportes, vistos consulares, máquinas para plastificar documentos, carimbos de imigração paraguaios e três computadores.Além de Zhong, outras 11 pessoas de nacionalidade chinesa foram detidas com documentos falsos. Todos foram levados para a Superintendência Regional da Polícia Federal de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.