Polícia Federal prende traficante norueguês no Rio de Janeiro

A Polícia Federal prendeu na quarta-feira, 8, o norueguês identificado como H.R.S., de 37 anos, procurado internacionalmente desde 2003 por tráfico internacional de entorpecentes e porte ilegal de arma. Ele havia sido condenado a dez anos de prisão por tráfico de haxixe, mas, após 49 dias de detenção, conseguiu fugir.O norueguês se estabeleceu no Rio de Janeiro em 2004, misturando-se ao grande número de turistas estrangeiros que freqüenta o bairro de Copacabana. Ele transitava com desenvoltura por entre as boates e bares nas imediações do Posto 3.Rastreado pela Interpol no Rio de Janeiro, em 2005, o estrangeiro teve seu paradeiro descoberto. Com essa informação, o governo da Noruega solicitou a sua extradição. O pedido foi deferido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 08 de março de 2006, que expediu o mandado de prisão preventiva para extradição. Na época, o norueguês escapou por pouco de ser preso, pois havia mudado do endereço descoberto pela polícia.Após as investigações, policiais federais da Interpol Rio conseguiram descobrir o novo endereço do norueguês, no bairro de Copacabana. Munidos do mandado de prisão preventiva, os agentes chegaram ao endereço de H.R.S. Os policiais chegaram ao local, onde foram recebidos pela namorada do foragido. H.R.S. Acabou sendo preso sem esboçar reação. Agora, ele deverá aguardar a extradição para a Noruega.

Agencia Estado,

09 de março de 2007 | 09h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.