Polícia gaúcha em busca de juiz desaparecido

A polícia gaúcha investiga o desaparecimento do juiz aposentado Luiz Zanette, de 63 anos, e da governanta de sua residência, Marinês de Césaro, de 53 anos, em Bento Gonçalves. Nas buscas, feitas por 40 agentes da Polícia Civil e da Brigada Militar, só foram encontrados o automóvel Audi prateado e um documento de Zanette, nesta tarde, num matagal do bairro Busa, a três quilômetros da casa do juiz.O desaparecimento foi constatado no início da tarde de quarta-feira pelo advogado Giancarlo Zanette, filho do juiz, que, ao chegar à casa do pai, percebeu que a porta da garagem estava aberta e encontrou móveis e objetos revirados. Hoje, após interrogar quatro suspeitos, o delegado Leônidas Augusto dos Reis disse que a solução do caso estava próxima e considerou remota a hipótese de seqüestro para posterior pedido de resgate, mas não quis dar mais detalhes da investigação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.