Polícia identifica jovens acusados de fazer racha em MS

Pelo menos oito jovens são acusados de promover corridas irregulares durante a madrugada em Amambaí

João Naves, O Estado de S. Paulo

27 de dezembro de 2007 | 16h24

A Polícia Civil de Amambaí, Mato Grosso do Sul, a 340 quilômetros de Campo Grande, na divisa com o Paraguai, anunciou nesta quinta-feira, 27, ter identificado três rapazes, de um grupo de oito, que incluíram no site eletrônico You Tube, um vídeo de uma disputa automobilística pelas ruas centrais da cidade, com imagens dos velocímetros de pelo menos três carros a 200 quilômetros por hora. Os "pilotos" mostram fisionomia de bêbados e o material é editado com fundo musical da trilha sonora do filme "Transformers". O delegado encarregado do caso, Claudineis Galinari explicou que a peça foi veiculada na internet, em agosto deste ano e antes do início de setembro retirada pelos autores, mas já havia sido copiada pela Polícia Militar, facilitando as investigações concluídas nesta semana. Foram identificados Anderson Henning, Edimar Martinez Machado e Giorge do Amaral Souza, todos moradores de Amambaí. A polícia chegou até eles porque uma das placas dos carros aparece no vídeo. Galinari, disse que os rapazes poderão ser condenados por direção perigosa, promover corrida não autorizada em via pública e apologia ao crime. "As corridas aconteciam durante a madrugada, quando o tráfego de veículo é menos intenso. Mas isso, certamente não aliviará a culpa dos acusados".

Mais conteúdo sobre:
rachaCampo Grande

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.