Polícia identifica outro suspeito da morte de Schincariol

Foi identificado um segundo suspeito de envolvimento no assassinato do dono da cervejaria Schincariol, José Nélson Schincariol, mas o nome dele não foi divulgado já que a Justiça decretou sigilo no inquérito sobre o caso, informou a Rádio CBN. O garçom Valdinei Sabino da Silva, de 25 anos, o primeiro suspeito a ser preso, foi transferido ontem para a cidade de Itu, no interior paulista. Seu envolvimento no caso ainda não foi confirmado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.