Polícia indicia mulher acusada de comprar bebês no interior de SP

A Polícia Civil de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, concluiu as investigações e indiciou a dona de casa Aparecida Moura Rodrigues, 58, por fazer parte de um esquema de tráfico de bebês na cidade.O esquema, de acordo com a polícia, funcionava na zona do meretrício da cidade, cujas prostitutas vendiam os filhos para clientes que tinham a dona de casa como contato. Aparecida teria oferecido R$ 2 mil pela filha de Patrícia Rodrigues Miranda, que escapou de ser indiciada por ser portadora de distúrbios mentais. A criança seria entregue a Cristina Bernadete Ramim, que também não foi indiciada, por falta de provas.De acordo com a polícia, Aparecida teria aliciado outras prostitutas grávidas oferecendo até R$ 5 mil por cada criança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.