Polícia investiga incêndio em carro na Marginal do Tietê

A polícia investiga as causas de um incêndio em veículo em plena Marginal do Tietê que deixou uma pessoa morta e quatro feridas no final da tarde de domingo. Eram 16h30 quando testemunhas ligaram para o Corpo de Bombeiros ao verem um Fiat Uno branco em chamas na pista expressa da marginal, no sentido Penha-Lapa, próximo à Ponte do Tatuapé, no Parque Novo Mundo, região nordeste da cidade.No momento em que os bombeiros chegaram no local encontraram Mariúccia Calvo, de 78 anos, já morta no banco traseiro do veículo. As vítimas foram levadas em estado grave para o pronto-socorro do Tatuapé, com queimaduras por todo o corpo, Giovanna Ardito, Tereza Ardito Pinto e a condutora do Fiat, Cristina Pinto Agostinho. As três continuavam internadas na manhã desta segunda-feira. Com ferimentos leves, Ana Luiza Agostinho Ferreira dos Santos, de 11 anos, foi encaminhada ao mesmo hospital e já foi liberada.O delegado Camilo Resegue Neto, do 90º Distrito Policial, do Parque Novo Mundo, registrou boletim de ocorrência com o título de "morte suspeita". Não foi informado ao delegado se o incêndio que atingiu o Fiat foi gerado por um acidente. No momento em que homens da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) faziam o bloqueio da marginal para possibilitar o trabalho dos Bombeiros, a informação que era passada à imprensa dava conta de que havia ocorrido um acidente na via, mas essa informação não consta em boletim de ocorrência nem mesmo a causa do incêndio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.