Polícia investiga origem de reais falsos na fronteira com Paraguai

A Polícia Federal e a Polícia Nacional do Paraguai investigam onde estão sendo produzidos reais e dólares falsos na região de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, vizinho a Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Neste domingo, o comerciante paranaense Pedro José dos Santos, de 55 anos, foi preso quando embarcava para Cascavel (PR) levando RS 20 mil em notas falsas na cueca e na cintura. Ele disse que havia recebido o dinheiro como pagamento de uma dívida e desconhecia que a notas eram falsas. Outros R$ 4 mil falsos foram apreendidos este ano na fronteira Brasil-Paraguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.