Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Polícia investiga rede de pedofilia em São Miguel

A Polícia Civil investiga a possível ação de uma rede de pedofilia em São Miguel Arcanjo, na região de Sorocaba. A suspeita daprática do crime de exploração sexual de crianças surgiu após a prisão do aposentado Benedito Ferreira de Moraes, de 54 anos, ontem à tarde. Ele foi flagrado quando tirava as roupas de uma menina de 11 anos para fazer fotos. Em seu poder, os policiais apreenderam fotografias de cerca de dez crianças e adolescentes nuas. A polícia teve informações de que o aposentado mostrou as fotos em vários estabelecimentos comerciais da cidade provavelmente com o objetivo de vendê-las. O delegado Eduardo Souza Fernandes vai investigar se houve exploração sexual das menores pelo próprio aposentado e por outras pessoas.A denúncia contra Moraes foi feita pelo pai de uma das garotas, olavrador Miguel Arcanjo Pereira. Ele chegava em casa e deparou-se com o aposentado tirando a roupa de sua filha. Moraes fugiu. A menina contou que havia recebido R$ 5,00 para ser fotografada nua. Pereira acionou a Polícia Militar. O aposentado foi preso quando tomava um ônibus com destino a Pilar do Sul. Ele confessou que produzia as fotos pagando entre R$ 3,00 e R$ 5,00 para as crianças, mas negou a comercialização do material. Moraes foi atuado em flagrante por atentado violento ao pudor, mas responderá pelo crime de pedofilia se ficar confirmado quehouve exploração sexual. O delegado vai identificar as criançasfotografadas e tomar seus depoimentos, bem como dos familiares. O inquérito será acompanhado pela Vara da Infância e da Juventude e pelo Conselho Tutelar.

Agencia Estado,

19 de novembro de 2002 | 16h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.