Polícia libera suspeitos de atacarem escolta do filho de Lula

Foram liberados à 0h50 desta sexta-feira do 95º Distrito Policial, de Heliópolis, zona sul da capital paulista, os irmãos Josevaldo Alves dos Santos, 24, e Fábio Alves dos Santos, 21, ambos suspeitos pela morte de um dos seguranças do filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva .O delegado titular de Heliópolis, Plínio Sales, soltou os dois irmãos depois que os resultados dos exames de balística, residuográfico (que detecta presença de pólvoras nas mãos) e o datiloscópico deram negativos.A falta de provas nos exames periciais e o recuo da identificação por parte do cabo Nivaldo Ferreira dos Santos foram os motivos pelos quais a polícia acabou liberando os dois suspeitos. Após reconhecer um dos detidos como o autor dos disparos que matou o subtenente do Exército Alcir José Tomasi, o cabo Nivaldo Ferreira dos Santos, que também foi baleado, disse ter dúvidas. O caso - Alcir José Tomasi e o cabo, também do Exército, foram feridos a tiros quando faziam a segurança de Sandro Luiz, filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na noite de anteontem, na Alameda Calcutá, na Vila Metalúrgica, em Santo André, na Grande São Paulo. No momento do assalto, Sandro já estava dentro da casa da namorada e era esperado pelos seguranças. Tomasi recebeu um tiro na cabeça quando dois ladrões abordaram o carro em que ele e o cabo estavam. O objetivo era apenas roubar o Astra blindado alugado pela Presidência da República para servir a família do presidente.Os dois suspeitos foram presos na madrugada de ontem na Favela Heliópolis, na zona sul, após serem denunciados por um telefonema. A arma do crime, segundo a polícia, estava a 50 metros do local onde a dupla foi detida. O corpo de Alcir José Tomasi está sendo velado no Cemitério Municipal Ecumênico de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O sepultamento será às 11 horas desta sexta-feira no mesmo cemitério.Para acompanhar todo o caso: » Seguranças de filho de Lula são baleados » Polícia caça ladrões que balearam seguranças do filho de Lula » Lula foi informado do roubo de carro da escolta do filho » É grave o estado de saúde do segurança do filho de Lula » Governo divulga nota sobre ataque a seguranças do filho de Lula » Filho de Lula viajou para Brasília » Morre segurança do filho de Lula » Corpo do subtenente será trasladado para Santa Maria (RS) » Ladrão que baleou segurança já tem retrato falado » Morte de segurança é aviso para governos, diz Genoino » Polícia tem pista de assassinos de segurança, diz Alckmin » Polícia detém dois suspeitos do assalto aos seguranças » Lula manifesta em nota pesar pela morte de subtenente »Cabo que fazia a segurança reconhece os assaltantes » Bairro tranquilo de Santo André vira cena do crime » Suspeitos de matar segurança podem ser soltos por falta de prova

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.