Polícia liberta 5 reféns em ourivesaria de SP

Dois homens invadiram ontem à noite uma ourivesaria localizada na Rua Conselheiro Crispiniano, na República, centro de São Paulo, e mantiveram cinco funcionários e um cliente da loja como reféns por quase uma hora. Uma testemunha da ação dos bandidos acionou a polícia que rapidamente cercou o local.Um office-boy e quatro funcionários da loja foram mantidos amarrados com fitas adesivas e ficaram trancados dentro de uma sala com um dos assaltantes. O outro ladrão obrigou um ourive a mostrar onde estavam as jóias. Quando a polícia chegou, o assaltante que procurava pelas jóias conseguiu fugir. Mas José Henrique da Silva Filho, 36 anos, não percebeu a chegada dos policiais e manteve os funcionários e o office-boy como reféns. Ele foi preso após 30 minutos de negociação.O caso foi registrado no plantão policial do Departamento de Investigações sobre Crimes Patrimoniais (Depatri). Ninguém ficou ferido e nada foi levado da loja, segundo a polícia.

Agencia Estado,

31 de agosto de 2001 | 05h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.