Polícia liberta estudante seqüestrada no RJ

Policiais civis libertaram a estudante Adriana Costa de Souza, de 29 anos, seqüestrada na noite de sexta-feira. Na casa onde foi encontrada a vítima, foram presos Marcelo Carvalho da Silva e Franklin Nelson da Silva, ambos de 29 anos, que negaram a autoria do crime. De acordo com o delegado adjunto da 71ª Delegacia de Polícia de Itaboraí, Felipe Bittencourt, às 9h30 desta manhã o comerciante Américo Tazawa, de 49 anos, recebeu dois telefonemas informando o seqüestro da estudante e o pedido de resgate no valor de R$ 10 mil. Os policiais conseguiram rastrear o número do telefone de onde vieram as ligações, um orelhão no bairro da Reta, e foram até o local. ?Os detidos fizeram duas ligações: uma para o comércio e outra para a casa do senhor Américo?, disse Bittencourt. ?Em uma ação rápida, localizamos a origem das chamadas e ficamos andando pelas redondezas até acharmos o carro dela.? A polícia encontrou Adriana após localizar seu carro, um Palio, estacionado nos fundos de uma casa. Invadiram o imóvel, encontraram a vítima dormindo, sem ferimentos, e efetuaram a prisão dos suspeitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.