Polícia liberta garota e prende dois seqüestradores

Policiais localizaram um cativeiro no início da noite desta sexta-feira e libertaram uma garota de 14 anos, que foi seqüestrada nesta quinta-feira de manhã em Diadema, na Grande São Paulo. Dois seqüestradores foram presos.A garota M.S.R., de 14 anos, estava indo para a escola nesta quinta, por volta das 7 horas da manhã, quando foi abordada por Cláudio Gomes Bacellar Júnior, 18 anos. Ele levou a garota de carro até um cativeiro e iniciou as negociações com a família, exigindo inicialmente R$ 100 mil.A menor mora na casa de um microempresário do setor de transporte, que tem três filhas, e foi confundida pelo seqüestrador como sendo uma delas. Mesmo após descobrir o engano, ele ameaçou matar a garota e passou a exigir R$ 50 mil pelo resgate.Após investigações, policiais descobriram que as ligações telefônicas eram feitas de orelhões localizados na Favela Pantanal, na divisa de Diadema e São Paulo, e chegaram até o cativeiro, na Rua André Mussolino, 150, no Jardim Eldorado, em Diadema, por volta das 19 horas desta sexta-feira. No local, também foi detido Eric de Oliveira Gonçalves, de 21 anos.A garota foi libertada, mas está em estado de choque e teve de ser encaminhada ao Hospital Municipal de Diadema. Outros dois integrantes da quadrilha já foram identificados, mas continuam foragidos. Um deles é quem teria passado informações sobre a família do microempresário aos demais criminosos. Os envolvidos não tinham passagem pela polícia. O caso está sendo registrado na Delegacia Seccional de Diadema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.