Polícia liberta irmãos e prende 5 seqüestradores em SP

Agentes da equipe G da Divisão Anti-seqüestro (DAS), por volta das 19 horas de sexta-feira, libertaram dois irmãos, um de 23 anos e outro de 17 anos, que estavam em um cativeiro, no bairro de Guaianazes, na zona leste da capital paulista. Durante a ação, cinco seqüestradores, entre eles um adolescente, foram presos. Os irmãos foram feitos reféns no dia 27 de março, quando chegavam à empresa da família, uma transportadora localizada na zona sul da capital próximo à divisa com a cidade de São Caetano do Sul. "Ao que tudo indica, deve haver mais dois criminosos envolvidos no caso. Eles haviam pedido inicialmente 700 mil reais para a família, depois baixaram para 500 mil", disse o delegado José Eduardo Vieira Pinto, responsável pela equipe que realizou o flagrante. Resgate não foi pagoAtravés de investigações, os agentes da DAS abordaram dois dos criminosos em uma rua perto do final da Avenida Radial Leste. Eles confessaram que faziam parte da quadrilha e levaram os policiais até o cativeiro, onde o adolescente e outro seqüestrador tomavam conta dos dois reféns. "Os rapazes disseram que não foram agredidos pelos bandidos e que se alimentavam todos os dias", acrescentou o delegado. A quadrilha foi encaminhada à sede da DAS, localizada no bairro do Bom Retiro, e indiciada em flagrante. A prisão ocorreu antes de o valor do resgate ser pago, segundo a polícia, que poderá apresentar os criminosos somente na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.