Polícia liberta vendedor seqüestrado

Policiais civis da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, estouraram, no início da noite de ontem, um cativeiro e detiveram seis seqüestradores que mantinham como refém o vendedor autônomo Marcos Mascogni, de 29 anos.Sete homens armados renderam Mascogni por volta das 19 horas da terça-feira, quando o vendedor chegava em sua casa, que fica num bairro de classe média alta de São Bernardo do Campo. Mascogni foi levado a uma residência no bairro de Jardim Miriam, zona sul de São Paulo, próximo de Diadema. Os seqüestradores entraram em contato com a família do vendedor e exigiram a princípio R$ 150 mil para libertá-lo. Após negocgiações, o valor foi reduzido. Os parentes de Mascogni entraram em contato com a polícia, que conseguiu prender os bandidos com base nas informações passadas pelos familiares do vendedor.Foram presos dentro do cativeiro Sandoval dos Santos Gonçalves, 25, Ednaldo Correa da Silva, 28, Rodrigo da Costa Santos, 26, Francisco Cleiton David, 26, Edmílson Silva Angelin, 25 e o menor L.B .S., 16. Um sétimo integrante da quadrilha, já identificado pela polícia, continua foragido.No cativeiro, os policiais encontraram várias armas, como pistolas, revólveres e metralhadoras, além de celulares utilizados pelos bandidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.