Polícia liberta vítima de seqüestro-relâmpago em SP

A Polícia Militar libertou esta madrugada uma vítima de seqüestro relâmpago que estava presa dentro do porta-malas de seu próprio veículo na região de Interlagos, zona Sul de São Paulo. Por causa de uma denúncia anônima, a polícia passou a perseguir o carro da vítima que estava em alta velocidade, pela região de Interlagos. Durante a fuga, os bandidos perderam o controle da direção do veículo e bateram contra um muro na rua Sebastião Correia. Em seguida, tentaram fugir a pé, mas foram capturados pela polícia. O comissário de bordo que estava dentro porta-malas foi libertado. Ele contou à polícia que os criminosos roubaram os seus cartões de banco, senhas e o obrigaram a assinar folhas de talão de cheque. Os dois seqüestradores, um de 17 e outro de 18 anos, têm passagem pela polícia por roubo e estão detidos na carceragem do 48º Distrito Policial de Cidade Dutra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.