Polícia localiza túnel em residência e frustra plano de fuga

A Polícia encontrou, na madrugada desta terça-feira, um túnel em fase inicial de escavação que ligaria uma residência a uma delegacia na zona norte de São Paulo. É a primeira vez em que a polícia da capital paulista frustra uma fuga que ocorreria através de túnel sendo escavado de fora para dentro de um Distrito Policial. O esquema já havia sido utilizado anteriormente em planos de fuga em grandes presídios, como ocorreu no início de 2002, quando 106 detentos fugiram da hoje desativada Casa de Detenção de São Paulo. Segundo o tenente Renato Francisco Cunha, no 9º Batalhão da Polícia Militar, o túnel próximo ao 38º Distrito Policial, na Vila Amália, foi descoberto graças a uma denúncia anônima. O Distrito Policial da Vila Amália está localizado na Avenida Parada Pinto, nna altura do nº 3 277. A escavação era feita a partir do banheiro de uma casa abandonada, que fica no número 67 da Rua Said Saad, na lateral da delegacia. No local, a equipe do delegado Osvaldo Scalezi Júnior encontrou picaretas, cavadeiras e um ventilador, além de grande quantidade de terra, retirada do túnel, mas ninguém foi preso. De acordo com o denunciante, a intenção era resgatar um detento de nome Sebastião. Mas os policiais acreditam que o alvo seria outro preso, já que o detento, que é conhecido como Tião, não é de alta periculosidade. Mais dez metros de escavação e os responsáveis pela obra de engenharia teriam atingido as celas 2 e 3 da delegacia. O 38º Distrito Policial possui 5 celas, com capacidade para abrigar 30 presos, mas há 171 homens superlotando-a.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.