Polícia Militar registra problemas com grevistas no interior do estado do Rio

Após o anúncio de greve por bombeiros e policiais, a Polícia Militar do Rio registrou, na madrugada desta sexta-feira, 10, problemas isolados no interior do Estado, segundo informações do assessor de relações públicas da corporação, coronel Frederico Caldas. Ele disse que o principal problema ocorreu em Volta Redonda.

Agência Brasil

10 Fevereiro 2012 | 09h37

Na cidade do Sul fluminense, segundo o coronel, viaturas retornaram para o quartel e abandonaram o patrulhamento das ruas. Cinquenta homens do Batalhão de Choque foram enviados para a cidade, para suprir a falta de policiais.

"Em outras cidades, houve situações como viaturas que foram patrulhar juntas e algumas ameaçaram não voltar para o batalhão, mas a presença dos comandantes nos batalhões foi fundamental para evitar a interrupção do serviço", acrescentou.

Segundo o coronel, nenhum grande problema foi registrado na capital ou em outros municípios da região metropolitana do Rio. No entanto, 500 policiais dos batalhões de Choque e de Operações Especiais (Bope) ficaram de prontidão para o caso de necessidade de suprir possíveis faltas de policiamento. As informações são da Agência Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.