Polícia mineira liberta estudante em cidade paulista

Uma equipe do Departamento de Operações Especiais (Deoesp) da Polícia Civil de Minas Gerais libertou na madrugada de hoje, na região de Mogi das Cruzes, em São Paulo, o estudante Lucas Pereira Loureiro, de 14 anos, seqüestrado no dia 26 de fevereiro em Três Corações, sul mineiro. No estouro do cativeiro, quatro criminosos foram presos, mas os nomes não foram divulgados até o início da tardeFilho de um empresário do setor de combustíveis de Três Corações, Lucas foi levado pelos seqüestradores quando chegava da escola. De acordo com o delegado Elson Matos, que coordenou a operação de libertação do estudante, os bandidos teriam pedido US$ 1 milhão pelo resgate, valor que não chegou a ser pago. Para comprovar que estavam com Lucas, enviaram uma fita de vídeo aos familiares, mostrando o garoto sob a mira de fuzis AR-15. Matos contou que, ao ser encontrado no cativeiro, por volta de 1h, o estudante estava acorrentado e deitado em um colchão. O policial não deu mais detalhes sobre a ação policial, disse apenas que a intervenção do grupo do Deoesp foi feita de modo a garantir a integridade da vítima. Sem ferimentos, mas abalado, Lucas foi levado pela equipe mineira, no final da manhã, para Três Corações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.